jusbrasil.com.br
22 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo TJ-ES - Remessa Necessária: 0003662-80.2013.8.08.0013

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
QUARTA CÂMARA CÍVEL
Publicação
07/08/2019
Julgamento
29 de Julho de 2019
Relator
JORGE DO NASCIMENTO VIANA
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-ES__00036628020138080013_e4c62.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA: REMESSA NECESSÁRIA. INCAPACIDADE PARCIAL E DEFINITIVA PARA O TRABALHO DEMONSTRADA. auxílio-doença. cessado indevidamente. REMESSA conhecida. sentença alterada.

1- Restou atestado que o segurado, em função de acidente com nexo causal ocupacional, apresenta sequela de encurtamento, hipotrofia e perda parcial da força do membro inferior esquerdo, caracterizando-se, portanto sua incapacidade parcial e permanente para o trabalho.
2- Demonstrado que o autor teve cessado o benefício de auxílio-doença mesmo estando incapacitado para desempenhar sua atividade laborativa.
3- Constatada a doença laborativa, com a prova da debilidade parcial e permanente oriunda do acidente individualizado, tenho por acertado o entendimento da julgadora a quo de determinar o restabelecimento do pagamento do auxílio-doença até sua reabilitação profissional, na forma dos artigos 59 e 60 da Lei 8.213/91.
4- Remessa conhecida. Sentença mantida.
Disponível em: https://tj-es.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/748043484/remessa-necessaria-36628020138080013

Informações relacionadas

Anderson Mangueira, Advogado
Modeloshá 6 anos

Modelo - Auxílio-doença - Restabelecimento de benefício cessado indevidamente

Tribunal de Justiça do Amazonas
Jurisprudênciahá 10 meses

Tribunal de Justiça do Amazonas TJ-AM - Apelação Cível: AC 0637181-05.2017.8.04.0001 AM 0637181-05.2017.8.04.0001

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação: APL 1037836-12.2014.8.26.0224 SP 1037836-12.2014.8.26.0224