jusbrasil.com.br
6 de Junho de 2020
    Adicione tópicos

    Mudança de Comportamento rende oportunidade

    Impressionada – mas não surpresa – com a mudança de vida do ex-adolescente em conflito com a lei Welinton de Souza Barbosa, 18 anos, a coordenadora das Varas da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, juíza Janete Pantaleão, vai convidar o jovem a participar de palestras em escolas públicas da Grande Vitória.

    Janete Pantaleão conheceu Welinton há três anos quando, na condição de juíza da 2ª Vara da Infância e da juventude da Serra, começou a analisar os processos que o adolescente era acusado de fruto, assalto e tráfico. “Ele era muito pequenino, magro e frágil. Era dependente químico e fumava muito. Hoje, Welinton cresceu, ficou mais forte, abandonou o vício das drogas e até deixou de fumar”, comentou a juíza Janete Pantaleão.

    A história de vida do jovem sensibilizou a magistrada: “Tendo agora outro comportamento, Welinton poderá usar sua experiência – já que ficou dois anos e um mês cumprindo medida socioeducativa em unidade de internação – para ajudar outros jovens a entender os perigos do mundo das drogas e da marginalidade. Vou convidá-lo a ir às escolas fazer palestra para outros meninos e meninas”, informou Janete Pantaleão.

    Welinton aceitou: “Já comecei a usar minha experiência dentro de casa. Venho todos os dias tentando ensinar meu irmão a parar de fumar”, completou o adolescente.

    A juíza Janete Pantaleão, que recebeu a visita de Welinton e da mãe dele, Luciana Camilo de Souza, na tarde de terça-feira (02), disse que ficou impressionada com a mudança de comportamento de Welinton e com sua recuperação física e social. “Eu sempre acreditei nesse menino. Tive que condená-lo a cumprir medidas socioeducativas em meio fechado porque o que ele praticou foi muito grave. Porém, sempre senti que vale a pena investir e acreditar não só no Welinton, mas em todos os adolescentes”, afirmou a juíza.

    “Tudo que eles precisam é de oportunidade”, finalizou Janete Pantaleão.

    Assessoria de Comunicação do TJES

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)